A legítima defesa e a propriedade privada

O direito à legítima defesa da vida e da propriedade privada é instrumento indispensável ao exercício da democracia, da cidadania e da liberdade, valores essenciais em uma sociedade conservadora.

Entendemos que é direito do cidadão a posse e eventual utilização legal de arma de fogo para a defesa da vida, da família e da propriedade. Cabendo às autoridades policiais e judiciárias o controle, responsabilização e fiscalização das ações e documentos pertinentes à obtenção, à posse e ao porte de armas, bem como de situações que seja necessário empregá-las.

O sagrado direito à legítima defesa e à propriedade privada são temas críticos, fundamentais e prioritários ao IFB.
Para tal temos o Projeto Pró Gun, que visa integrar e fomentar as ações de pessoas e grupos, que tenham o legítimo interesse em possuir arma de fogo, aprender a usá-la com propriedade e responsabilidade, e obter seu porte e posse.

O IFB preocupa-se com a segurança e a defesa do Indivíduo, da família e da sua propriedade (Urbana e Rural). Para tal, projeta o ensino e o treinamento de técnicas de segurança e defesa pessoal em situações diversas, urbana e rural, com aplicação para o indivíduo, à família e à propriedade.

A segurança privada também é considerada por meio da capacidade de organização para prover segurança em eventos, manifestações e até empresas do interesse da sociedade conservadora.


{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Precisa de ajuda? Entre em contato!
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Aguarde, enviando solicitação!